EcoWeb+EcoAction

Rede Municipal de Ensino – Campo Bom RS

≠ Formas

Scratch: programação e alfabetização

Segundo Jean Piaget, a principal meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente repetir o que outras gerações já fizeram. Homens que sejam criadores, inventores, descobridores. A segunda meta da educação é formar mentes que estejam em condições de criticar, verificar e não aceitar tudo que a elas se propõe.
As tecnologias são ferramentas poderosas quando os professores permitem que seus alunos usem de forma colaborativa para construir o conhecimento.
O projeto “Scratch: programação e alfabetização” é realizado com a turma de 2º ano da professora Ana Nunes em parceria com a professora Margarida Telles, propõe que os alunos explorem diferentes ambientes façam registros através de fotos e vídeos usando diferentes tecnologias, mostrem seus registros para o grupo, discutam, e decidam qual o assunto a ser estudado pela turma.
Objetivos: Aprender a utilizar as tecnologias de forma colaborativa para facilitar a construção do conhecimento e a preservação dos diferentes ecossistemas, registrar, fazer relatos das vivências, leitura de imagens, interpretar, analisar e relacionar informações sobre o espaço geográfico de diferentes paisagens, perceberem-se integrante, dependente e agente transformador do ambiente, aprender a utilizar noções científicas, utilizar diferentes fontes de informações, observar, experimentar, formular hipóteses, registrar, compreender e compartilhar ações realizadas nas redes sociais.

Scratch

Com o Scratch, os alunos podem programar suas próprias histórias interativas, jogos e animações. O Scratch ajuda o aluno a pensar de maneira criativa, refletir de maneira sistemática e trabalhar de forma colaborativa, desenvolvendo habilidades importantes para a vida no século XXI.

Muitos alunos que estão usando o Scratch ainda não estão lendo e escrevendo sozinhos, mas eles trabalham em duplas e de maneira colaborativa isso permite que nossos pequenos programadores se aventurem a pensar uma história, dividir em pequenas partes, a formular hipóteses, criar sem medo de errar e concretizá-la utilizando o Schatch que proporciona o desenvolvimento de novas habilidades, experimentação e a aprendizagem.

Parte de história produzida pela turma 22

Parte de história produzida pela turma 22

 OneNote

É preciso motivação para aprender. Com o uso do OneNote a turma tem um caderno digital e, cada dupla tem o seu espaço, onde pode personalizar colocando a sua foto, as fotos que fez durante a aula de campo, fazer suas anotações sem medo de errar, criar um portfólio de forma colaborativa do conteúdo em estudo, isso torna as aulas mais interessantes é necessário levá-los a enfrentar desafios, sem desafios, não há o porquê buscar soluções.

Dupla usando o OneNote

Alunos usando o OneNote

Scratch: programação e alfabetização

O uso do Blog, Facebook, OneNote e Scratch são ferramentas que trazem novidades e podem transformar o dia a dia do aluno em sala de aula, o aluno torna-se um produtor de informações, pois ele participa da escolha do assunto, faz as fotos que serão usadas, vídeos, posts, relatórios baseados nas saídas de campo, constrói histórias animadas no Scratch, em vez de apenas receber o conteúdo pronto, ele participa da construção desse conteúdo estudado, compartilha responsabilidades, ocorrendo assim a construção do conhecimento.

Professora Ana com parte do grupo na Semana de Ciências e Tecnologia do Município.

Professora Ana com parte do grupo na Semana de Ciências e Tecnologia do Município.

Rio dos Sinos

A turma 22 foi conhecer o Rio dos sinos.

A PROFESSORA MARGARIDA TIROU FOTO DOS COLEGAS
EU, LARISSA GOSTEI DO PASSEIO, EU AMEI O PASSEIO.

Turma 22 no Rio dos Sinos

Turma 22 no Rio dos Sinos

Na atividade de campo o Davi encontrou um caramujo fora da água e explicou aos seus colegas como o caramujo foi parar lá,  e resolveu dar uma mãozinha para o caramujo voltar para o Rio dos Sinos.

Aqui o nosso colega que se chama Davi estava segurando um caramujo

Maria Luisa, Luiz Fernando e Eduardo.

Alunos na margem do Rio dos Sinos

Alunos na margem do Rio dos Sinos

Histórias no Scratch sobre o Rio dos Sinos

Parte de história criada pelos alunos do 2º ano após visita ao Rio dos sinos

F2

Os alunos escolhem os personagens, escrevem as falas…

F2

 

Os alunos identificaram os problemas do rio dos Sinos e nas falas dos personagens eles colocam as soluções para minimizar estes problemas.

F1

 

Os alunos também estão criando um jogo, cada aluno recortou um peixe para ser as peças do jogo, escreveram as fichas…

Alunos criando jogo

Alunos criando jogo

Ilustração do jogo

Alunos estão pintando o painel do jogo

Alunos estão pintando o painel do jogo

 

Neste projeto professor e aluno são produtores de informação, conhecimento e cultura. O aluno é protagonista desta construção e não apenas expectador. As tecnologias fazem mágicas quando associadas a uma boa pedagogia.

gráfico Pass 1Lagartas

Nesta saída a turma observou borboletas de diferentes cores e tentaram de todas as formas se aproximarem das borboletas para fotografá-las, mas como são bons observadores a turma descobriu duas espécies diferentes de lagartas que se alimentavam de folhas de carrapicho, observaram que elas não comiam a folha inteira como acontece em outras plantas a lagarta comia apenas a uma camada da folha, isso intrigou a turma e muitas hipóteses forma levantadas.

“Do ovo sai uma lagarta que come folhas, vai crescendo, faz o casulo e dai ela espera um tempão, um dia ela se transforma numa borboleta linda e colorida. Depois ela vai lá com as outras borboletas e voa livre para sempre. Davi André Wasem- 2º ano

observação de larvas de borboletas

observação de larvas de borboletas

 

João-de-Barro o grande construtor

Em uma saída os alunos começaram a observar e a contar as casas de João-de-de-barro que iam encontrando, até que encontram uma casinha ao lado de um portão de uma casa.

Alunos observando a casa do João-de-barro

Alunos observando a casa do João-de-barro

 

Neste dia os alunos fizeram várias fotos de outros animais que observaram, mas a escolha foi unanime todos estavam muito curiosos sobre a vida do João-de-barro. Os alunos observaram uma casinha que foi retirada de um poste de luz que teve que ser trocada, fizeram desenhos, escrita espontânea, assistiram vídeos, trabalharam com a lenda do João-de-barro, estudaram sobre a reprodução, alimentação e descobriram que ele é a ave símbolo do nosso município.

casa do João-de-barro no muro da casa

casa do João-de-barro no muro da casa

Os alunos ficaram encantados com as habilidades do joão-de-barro

Alunos observam casa do joão-de-barro

Alunos observam casa do joão-de-barro

 

As formigas

A turma do 2º ano saiu para observar, fotografar e discutir qual o assunto a ser trabalhado em sala de aula.

Alunos observam e fotografam a Aroeira Vermelha

Alunos observam e fotografam a Aroeira Vermelha

Olhar, encantar-se com tudo, fotografar…

Atividades práticas no bairro da escola.

Atividades práticas no bairro da escola.

Muitas fotos, muitas observações, discussões e a turma decidiu que vai estudar sobre as formigas.  Estes seres que constroem seus ninhos nos mais diferentes lugares, são fortes, espertas, trabalham em grupo… A turma vai tentar descobrir o segredo das formigas.

Turma observa e fotografa formigueiro construído na fenda das pedras da calçada.

Turma observa e fotografa formigueiro construído na fenda das pedras da calçada.

 Água

Os alunos observaram, discutiram e fotografaram a água em algumas partes do bairro. Água no minirrio da escola sem algas.

Lambaris, capas douradas, cascudos, tartarugas...

Lambaris, capas douradas, cascudos, tartarugas…

Água no minirrio da escola com algas.

As algas deixam a água com um colorido diferente.

As algas deixam a água com um colorido diferente.

As águas do Arroio Schmidt.

Alunos fazendo seus registros no Arroio Schmidt

Alunos fazendo seus registros no Arroio Schmidt

A turma 22 da professora Ana em atividade prática no Arroio Schmidt. O que precisamos fazer para melhorar a qualidade das águas.

alunos observam e fotografam a água do Arroio Schmidt.

alunos observam e fotografam a água do Arroio Schmidt.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s